Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Adicionado in Harmonia Funcional, Teoria Musical

Harmonia Funcional – Composição Musical

Harmonia Funcional – Composição Musical

12345

Harmonia funcional e a composição musical, qual a relação entre as duas?

img

Os acordes que compõem qualquer campo harmônico estabelecem inúmeras relações entre si quando colocados em determinadas sequencias  De acordo com a ordem em que aparecem e suas posições em relação ? tonalidade principal, podem causar no ouvinte impressões de tensão ou relaxamento sonoro. Tais momentos podem ser estáveis ou instáveis, resultando ainda em formas distintas de resolução, ou, seja finalização de ideias harmônicas.

Nesta relação entre acordes e suas respectivas ligações, há situações em que certos encadeamentos, em virtude de suas características sonoras, são mais adequados do que outros. Tema desta matéria (post), a harmonia funcional é justamente o estudo destas funções harmônicas, aplicadas não somente ? análise como também ao processo de confecção de uma música. De certa forma estabelece moldes que podem ser usados por compositores e arranjadores com passagem ou término de um trecho específico pertencente a uma canção.

Entendê-los, é fundamental não apenas para aqueles que pretendem criar sua própria música de forma mais racional e analítica, aplicando uma metodologia consagrada universalmente, como também para os que desejam idealizar linhas melódicas ou instrumentais mais ricas, compreendendo os motivos que levam ? utilização de determinado acorde ou mudança de tom. Ademais, o domínio deste assunto é a porta de entrada para estudos mais aprofundados de harmonia, composição musical e arranjo.

Todos os exemplos transcritos ao logo deste post têm como base a tonalidade de Dó Maior, que não possui sustenidos ou bemóis, com intuito de facilitar o entendimento do leitor.

Clique em cima da imagem para ampliar!

post11

Este post foi apenas a introdução de um curso básico de Harmonia funcional, a cada dia estaremos postando mais aulas! Fique ligado nas atualizações assinando o nosso feed.

Post a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *