Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Adicionado in Grandes Músicos

Sérgio Fernandes

12345

Iniciou seus estudos musicais com Ní­vio Mota, pela Secretaria de Cultura de Santos em 1987, dando prosseguimento aos mesmos com Everton Gloeden, Henrique Pinto e Paulo Martelli, nos anos subsequentes.

Em seu primeiro ano de estudo de violão, já obteve o prêmio de primeiro colocado no Concurso da Faculdade Mozarteum de São Paulo, já revelando desde cedo sua aptidão inata ? s salas de concerto.

Obteve premiações em diversos concursos realizados no Brasil, dentre eles: Prêmio da Faculdade Mozarteum de São Paulo, Concuros da Faculdade São Judas Tadeu, Concurso da Secretaria de Cultura de Santos, Concurso do Colégio Carmo de Santos.

Em 2000, decidiu radicar-se no Rio de Janeiro, aonde obteve sua consolidação artí­stica. Considera como principal inspiração em sua carreira nessa época Masterclassem, com Monina Távora (mestra angentina, discí­pula de Andrés Segóvia e responsável pela criação de dois dos maiores Duos da história do violão, os Abreus e os Assads).

Retomou a atividade de concertista em 2002, fazendo sua reestreia em apresentação no MASP (Museu de Arte de São Paulo), com ótima repercussão entre o público presente.

Seu extenso repertório muscial inclui todas as maiores obras originais para violão, além de um sem-número de transcrições (abrangendo desde o Renascimento até o século XX) e estreias de obras contemporâneas.

A autocrí­tica sempre foi o princí­pio básico de sua carreira, tendo impulsionado uma busca incansável e constante pelo seu aperfeiçoamento técnico musical. Através de uma aliança entre cultura musical, comando técnico e atitude investigativa livre de ranão acadêmico, tem procurado estabelecer novos critírios do papel do violão no cenário musical contemporâneo, além de estimular compositores de várias tendências a escreverem obras para violão.

Em seu último Concerto realizado em Curitiba (PR), foi entitulado pelo crítico musical da Revista Paranaense como “o melhor de 2007”. Na mesma publicação, o crítico o descreveu também como “…portador de técnica fluente, grande beleza e variedade de som, resposta emocional finamente controlada e sensibilidade estilística. Deve ser reconhecido como membro da elite dos violonistas de sua geração.”

Ultimamente, tem levado sua arte ? s novas gerações, ministrando eventos a fim de divulgar novos e antigos talentos, em toda a Baixada Santista. Além disso, tem realizado inúmeras apresentações em recitais, como solista, por todo o Brasil (Curitiba, Guarujá, Santos, Cubatão, São Paulo, etc). Convidado regularmente para tocar em importantes Salas de Concerto (MASP, SESC Vila Mariana, SESC Santos, SESC Bertioga, Conservatório Souza Lima, Conservatório Musicalis e Universidade Brasí­lia Machado, etc), alcançando considerável repercussão e reconhecimento entre o público e a comunidade artística.

1 Comment

  1. eu quero saber como pego aulas de
    violão em guitarra em bertioga

Post a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *